Um blog de Alagoinhas e região com notícias dos melhores blogs do estado da Bahia, do Brasil e do mundo

Imagem

Destaque: Gol prevê economia de US$ 50 mi com transferência de aviões para Delta

Nenhum comentário

Serra diz que grampo ilegal em comitê tucano é ‘gravíssimo’

O ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), considerou um “fato gravíssimo” a revelação de que a Polícia Federal (PF) colocou grampos telefônicos ilegais no comitê eleitoral do PSDB no Acre durante a campanha eleitoral de 2010, em nota divulgada na quarta-feira.”Trata-se de um fato gravíssimo que precisa ser investigado a fundo”, afirmou o tucano, que na época disputava a eleição para presidente da República. Ele relacionou o caso com a quebra de sigilo de dados fiscais do vice-presidente do PSDB Eduardo Jorge. O jornal O Estado de S.Paulo revelou que a PF fez escutas telefônicas no comitê eleitoral do PSDB no Acre. (Estadão)
Envie a um amigo Assinar feed  

Votação do Código Florestal deve ficar para 2012

O projeto que trata da proteção das florestas e seu uso sustentável está em fase final de redação no Senado, onde foi aprovado em plenário na terça-feira (06). Ele deve ser encaminhado à Câmera dos Deputados na próxima semana. Os parlamentares e o governo têm pressa em aprovar o projeto, que já se arrasta há oito anos, mas o presidente da Câmara, Marco Maia, já acenou: o texto não deve ser aprovado este ano. “Qualquer matéria que suscite debate, que tenha que ser construído ainda um entendimento, um acordo para votação, não é possível mais fazer até o final deste ano”, justificou. A Câmara dos Deputados entra em recesso dia 23 de dezembro e só retoma as atividades em fevereiro. (Globo Rural)
Envie a um amigo Assinar feed  

Paulo Azi coloca em suspeição contratos do governo com ONGs

A Tarde
Deputado Paulo Azi
O deputado estadual Paulo Azi (DEM) colocou em suspeição os contratos firmados entre o governo do estado e ONGs. Segundo ele, em 5 anos, o governo da Bahia transferiu para Organizações não governamentais recursos superiores a R$ 1 bilhão. Ainda de acordo com ele, só para a Fundação José Silveira foram destinados R$ 372 milhões ao longo desse período, recursos que, conforme alertou o deputado, não foram repassados para gerenciamento de unidades ou prestação de serviços de saúde. A suspeição, segundo Azi é a de que a Fundação esteja sendo utilizada pelo governo como “mera contratadora de mão de obra na área de saúde”. “Não podemos aceitar que o governo Wagner continue administrando os recursos públicos de maneira pouco responsável e se fazendo de cego e surdo ao que acontece na esfera federal, onde seis ministros já foram afastados justamente por não explicarem à sociedade suas relações com as ONGs”, disse. Outras organizações foram citadas pelo deputado também como campeãs no recebimento de recursos. Entre elas, o Instituto de Olhos Fábio Vieira, uma ONG paulista que, segundo Azi, desembarcou na Bahia com um contrato milionário para mutirões de operações de catarata, que poderiam ser feitas pelas vias normais do SUS, e que já recebeu mais de R$ 40 milhões. O deputado denunciou que o endereço comercial do Instituto, fica numa casa residencial no interior do estado de São Paulo. A lista dos repasses é extensa e surpreende pelos altos valores envolvidos nos convênios.
Envie a um amigo Assinar feed  

Vereador de Pedro Alexandre é assassinado

Um vereador foi assassinado a tiros no interior do estado. Adairton Nunes de Jesus (PTN), de 47 anos, da Câmara Municipal de Pedro Alexandre, a 355 Km de Salvador, foi morto na zona rural do município. Segundo a polícia, o vereador retornava de carona na garupa de uma bicicleta da casa de irmãos no povoado de Malhada Nova para povoado de Lagoa dos Poços, no semi-árido baiano, quando dois homens se aproximaram em uma moto e dispararam vários tiros. Os dois morreram na hora. A polícia investiga o motivo do crime.
Envie a um amigo Assinar feed  

João Dias recebeu R$ 200 mil como ‘cala boca’, diz advogado

André Luiz Figueira Cardoso, advogado do soldado da policia militar João Dias Ferreira, disse que seu cliente recebeu na terça-feira, em casa, R$ 200 mil em dinheiro por emissários do governo do Distrito Federal. Segundo ele, o dinheiro seria uma espécie de “cala boca”. O PM é o autor das denúncias que levaram à demissão do ex-ministro do Esporte Orlando Silva e que respingaram no atual governador do DF, Agnelo Queiroz. Agnelo antecedeu Orlando Silva no comando do Ministério do Esporte e também é acusado de se beneficiar de um esquema de corrupção na pasta. João Dias foi levado até a 5ª Delegacia de Polícia de Brasília por volta das 15h por policiais militares. Segundo relatos de policiais, João Dias foi detido dentro do Palácio Buriti, sede do governo do Distrito Federal, por suposta agressão. André Luiz diz que o soldado teria ido nesta quarta ao Palácio procurar o secretário de Governo, Paulo Tadeu, para devolver o dinheiro. Ao fazer isso, teria sido detido após uma “altercação” – discussão – com seguranças da Secretaria de Governo. O advogado não confirma, mas João Dias teria agredido um sargento da PM e uma funcionária de Paulo Tadeu. (O Globo)
Envie a um amigo Assinar feed  

Senado aprova projeto que fixa gastos do governo em saúde

Por 70 votos a 1, os senadores aprovaram na noite desta quarta-feira projeto que regulamenta a emenda 29 e fixa os valores mínimos a serem investidos na área da saúde. O texto, que já havia sido aprovado pela Câmara, mantém a regra seguida atualmente pela União para cálculo dos recursos. De acordo com o projeto, o recurso deve corresponder ao valor empenhado no ano anterior acrescido da variação nominal do PIB (Produto Interno Bruto) nos dois anos anteriores. Assim, para 2012, por exemplo, a União teria de aplicar o empenhado em 2011 mais a variação do PIB de 2010 para 2011. O projeto original estabelecia em 10% da receita corrente bruta o investimento a ser feito pela União, mas essa fórmula foi rejeitada no Senado. Leia mais na Folha.
Envie a um amigo Assinar feed  

Deputado Romário sugere intervenção federal na CBF

José Cruz/ABr
Deputado Romário
O deputado federal Romário (PSB-RJ) afirmou nesta quarta-feira que o governo federal deve nomear um presidente interino para a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) caso se comprovem as suspeitas de corrupção na entidade. Esse interventor ficaria no cargo, segundo Romário, até 2015, ano da próxima eleição na entidade.O presidente da CBF está ameaçado de ser expulso da Fifa se for comprovado que recebeu suborno. Segundo a BBC, empresa jornalística estatal do Reino Unido, Teixeira teria recebido US$ 9,5 milhões em propinas. Ele nega a acusação. Romário também criticou a organização da Copa do Mundo de 2014. Disse que pretende apresentar emenda à Lei Geral da Copa para reduzir os preços dos ingressos de arquibancadas para brasileiros para R$ 75. Leia mais na Folha.
Envie a um amigo Assinar feed  

Pimentel confirma ter recebido dinheiro da ETA; donos negam

O hoje ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel (PT), recebeu, em 2009, R$ 130 mil da ETA Bebidas do Nordeste, empresa que produz o refresco de guaraná Guaraeta em Paulista, na Região Metropolitana de Recife. Segundo Pimentel, sua empresa P-21 Consultoria e Projetos Ltda, de Belo Horizonte, teria sido contratada para “elaborar um estudo de mercado para a empresa” pernambucana. Porém, os sócios da empresa de bebidas e o seu administrador na época negam terem contratado o serviço. Em entrevistas no fim de semana e na última segunda-feira, Pimentel mencionou três clientes de sua empresa – Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Convap e QA Consulting – e omitiu a ETA Bebidas, na hora de somar os valores que recebeu até o fim de 2010. Os pagamentos da ETA a Pimentel foram feitos em duas parcelas, o primeiro de R$ 70 mil, em maio de 2009, e o segundo de R$ 60 mil, em julho do mesmo ano. Pimentel montou a consultoria logo depois de deixar a prefeitura, em 2009, e se desligou antes de virar ministro do governo Dilma. “Ih, rapaz, esse negócio é muito estranho. É valor muito alto para o trabalho que a gente tinha. Tem alguma escusa, tentaram esconder alguma coisa”, disse Roberto Ribeiro Dias, que participou do quadro societário da ETA até 2010. (O Globo)
Envie a um amigo Assinar feed  

Receita abre hoje consulta ao último lote de restituição do IR

A Receita Federal abre nesta quinta-feira, às 9h, a consulta ao sétimo e último lote da restituição do Imposto de Renda deste ano referente ao exercício 2010. Serão contemplados 86.979 contribuintes do exercício 2011, totalizando R$ 211 milhões. As restituições serão pagas no dia 15 de dezembro.Quem não estiver nesse lote e também não esteve relacionado nos seis lotes anteriores, divulgados entre junho e novembro, está automaticamente na malha fina do Leão. (Folha)
Envie a um amigo Assinar feed  

Bancadas não se entendem e pauta trava na Câmara

Aumenta a tensão na Câmara Municipal a cada dia por causa dos projetos que estão sendo enviados pelo prefeito João Henrique (PP) e que devem ser votados até o recesso parlamentar que inicia no próximo dia 28. O Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) sobre a Copa do Mundo 2014 e a Lei de Ordenamento do Uso do Solo do Município (Lous) continuam liderando o ranking dos mais polêmicos. A sessão de ontem deveria votar os quatro vetos do Executivo a projetos das vereadoras Aladilce Souza (PCdoB), Andréa Mendonça (PV) e Vânia Galvão (PT) e, assim, destrancar a pauta. No entanto, sem acordo e com os debates em torno do PDDU e da Lous dominando os discursos, os vereadores foram se retirando aos poucos até que o quórum ficou insuficiente para sustentá-la. O imbróglio se dá por conta da discordância entre governo e minoria. Apesar de oficialmente o PDDU ainda não poder ser votado em virtude das audiências públicas que ainda estão acontecendo (acontece a terceira hoje e a última na próxima segunda-feira), a negociação entre os pares já foi iniciada e segue a todo vapor.
No entendimento da oposição, não há esclarecimentos suficientes por parte do Poder Executivo sobre o que, de fato, será construído no entorno da Arena Fonte Nova e sobre o aumento da altura dos hotéis na orla marítima. Para a minoria, “não há amparo legal na Lous para construção de hotéis no entorno do estádio”, segundo o vereador Gilmar Santiago (PT). Além de rejeitar a viabilidade de votação do PDDU em caráter de urgência urgentíssima, como pediu o bloco de situação, Gilmar chama a atenção ainda para a necessidade da realização de audiências públicas também para debater a Lous. “Não adianta aprovar o PDDU sem aprovar a Lous porque a (Lous) vigente é de 1984 e não permite o que está se querendo no PDDU (mexer na estrutura das áreas que receberão ampliação e construção de novos hotéis)”, reclama o petista. Leia mais na Tribuna.
Envie a um amigo Assinar feed  

Dilma quer Casa Civil de novo à frente do PAC para acelerar investimentos

Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Gleisi Hoffmann e Dilma Rousseff
Insatisfeita com o ritmo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a presidenta Dilma Rousseff pretende transferir a gerência de áreas de infraestrutura do plano – como rodovias, ferrovias e recursos hídricos – da seara do Ministério do Planejamento para a Casa Civil. Dilma avalia que o PAC é fundamental para pôr combustível na economia – que parou de crescer no terceiro trimestre – e garantir taxa de 5% do Produto Interno Bruto (PIB), em 2012, impulsionada por investimentos públicos. Há 17 dias, o secretário executivo da Fazenda, Nelson Barbosa, admitiu que os investimentos do PAC, em 2011, não contribuíram para acelerar o crescimento, nesse momento de crise internacional. Levou uma bronca de Dilma. As mudanças no programa, considerado uma das principais vitrines do governo, devem ocorrer no ano eleitoral de 2012. A ideia de Dilma é reforçar o perfil técnico da Casa Civil – comandada por Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao governo do Paraná, em 2014 – e desafogar o Planejamento, dirigido pela também petista Miriam Belchior. A presidente está preocupada com a execução do PAC, definida como muito baixa, e avalia que é hora de apertar o cerco sobre determinados eixos, como o de transportes. Dilma não vai, porém, retirar toda a coordenação do PAC do Planejamento, já que Miriam sempre foi seu braço direito nessa tarefa. (Estadão)
Envie a um amigo Assinar feed  

Valor de mercado da AmBev aproxima-se de R$ 200 bi e chega perto da Vale

A AmBev, dona das marcas de cerveja Brahma, Skol e Antarctica, está perto de alcançar uma marca histórica. Na quarta-feira, seu valor de mercado atingiu quase R$ 200 bilhões, cifra próxima atualmente à da Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, que fechou o pregão da Bovespa avaliada em R$ 208 bilhões. Os valores equivalem à soma das ações das companhias. Na quarta-feira, as ações preferenciais da AmBev continuaram subindo e os papéis da Vale caíram ainda mais, o que aproximou o valor de mercado das duas companhias. As ações da AmBev fecharam alta de 1,8%, a R$ 64,01, e foram a segunda maior alta do Ibovespa. As ações da Vale, por sua vez, ficaram entre as cinco maiores quedas do índice da bolsa brasileira. As ações da mineradora encerraram o pregão em baixa de 4,3%, a R$ 41,42. (iG)
Envie a um amigo Assinar feed  

Wagner não descarta desapropriações na Ilha e prevê metrô somente para 2014

O governador Jaques Wagner, em jantar com a imprensa ontem, no Palácio do Rio Branco, não se esquivou quando o assunto foi o metrô da Paralela e o seu prazo de conclusão. Na ocasião, disse acreditar que o metrô de Salvador só deve entrar nos trilhos em 2014. Ele destacou ainda ser inviável o subsídio a ser pago para um metrô de 6 km apenas. Wagner surpreendeu também ao afirmar ser favorável ao deslocamento da Rodoviária de Salvador do atual local. “A linha do metrô da Paralela pode ir até o bambuzal ou um pouco mais. Talvez até Portão. Isso está em estudo. O nosso metrô corre pela superfície, portanto não vai poder deixar o passageiro, por exemplo, dentro de um shopping, mas nas imediações”. Sobre a ponte Salvador-Itaparica, outro assunto polêmico, a ideia, conforme o governador, é ter áreas de investimento na Ilha com a ponte.
“Um fundo ou grupo empreendedor investiria nessas áreas que serão vetores de desenvolvimento. Do lado de cá, com a entrega da Via Expressa, sairá o escoamento da ponte”. O governador não descartou a possibilidade de fazer desapropriações de grandes áreas na Ilha. “Niterói é hoje o melhor endereço urbano para viver e morar no Rio. Isso é um indicativo da importância de um projeto desse. Eu não posso trabalhar na república da desconfiança achando que todo empresário é predador ou desonesto. Uma empresa que investe, monta um canteiro de obra, quer produzir. A república da desconfiança vai matar o Brasil. Devemos ser duros na penalização, não na criação de um arcabouço de dificuldades para o investidor. Estou facilitando as coisas porque confio no cidadão. Não acredito que um hotel de cinco estrelas venha ser um predador. Ele vai vender lá fora. Ele vai ser um predador?”, disse Wagner. Leia mais na Tribuna.
Envie a um amigo Assinar feed  

2012: Wagner diz não temer unidade das oposições em Salvador

O governador Jaques Wagner (PT) declarou ontem à noite, em jantar com jornalistas, não se preocupar com a forma como as oposições se organizarão para disputar a Prefeitura de Salvador em 2012. “Do nosso lado, acho que temos que preparar o melhor time, mas a sensação que tenho é que as oposições estão num box onde caiu um sabonete e todo mundo está encostado na parede”, brincou, levando os jornalistas às gargalhadas. Ele disse que a hipótese de as oposições se unirem no primeiro turno não gera nele temor porque pode ser a solução do problema também do lado do governo, já que, em sua avaliação, forçaria também a unidade em torno do candidato governista à Prefeitura, cujo nome deve ser o do deputado federal Nelson Pelegrino, embora ele não o tenha citado nominalmente.
Envie a um amigo Assinar feed  

2014: Wagner admite novo nome no PT, aconselha Gabrielli e diz que não disputará nada

Manu Dias/Agecom
Governador recebe jornalistas no Palácio Rio Branco
O governador Jaques Wagner (PT) não descartou o surgimento de mais um nome no PT à sua sucessão, em 2014, mas também não deu muita ênfase à hipótese, durante jantar ontem à noite com jornalistas no Palácio Rio Branco. “Pode surgir mais um candidato, inclusive nos partidos aliados, embora ache que provavelmente a cabeça da chapa será do PT, sem tirar o direito de ninguém querer disputar”, afirmou Wagner, que listou as vantagens e dificuldades dos quatro nomes a que tem se referido no PT como viáveis.
“(José Sérgio) Gabrielli (presidente da Petrobras) é um nome provado. (O senador Walter) Pinheiro é provado na densidade eleitoral. Moema (Gramacho, prefeita de Lauro de Freitas) é reeleita e tem punch eleitoral. Luiz Caetano (prefeito de Camaçari) é reeleito, tem sucesso, vamos ver se fará o sucessor”, afirmou Wagner, observando que quatro é um número bom para a escolha do eleitor e que não colocará a mão sobre nenhum deles até 2013, porque isto seria dividir as forças do partido.
“As pessoas têm que ralar, se credenciar”, acrescentou, analisando ainda que, se tiver realmente a pretensão de disputar sua sucessão, José Sérgio Gabrielli terá que deixar a Petrobras e desembarcar na Bahia para militar no partido ou trabalhar no seu governo. Para Wagner, quem faz o sucessor cresce e quem não faz decresce no ranking dos prováveis candidatos, assim como “se eu chegar bem em 2014 peso mais, se chegar menos, peso menos”.
“Mas quero discutir isso só no segundo semestre de 2013. Pesquisa que vale é a partir de abril do ano eleitoral”, declarou, anunciando ainda que não será candidato a nada em 2014 e que tem como objetivo, principalmente, fazer seu sucessor ou sucessora e trabalhar pela reeleição da presidente Dilma Rousseff. “Não é preciso mandato para fazer política. O mais importante para mim é o reconhecimento de que mudamos a Bahia na relação com tudo”, declarou.
Envie a um amigo Assinar feed  

Assembleia aprova PPA em 2º turno

A Assembleia Legislativa aprovou, em segundo turno, o Plano Plurianual (PPA). O projeto que acolheu três emendas da oposição vai, agora, à sanção do governador Jaques Wagner (PT). (Thiago Ferreira)
Envie a um amigo Assinar feed  

Assembleia aprova criação do Peater e Proater voltados aos agricultores e assentados da Bahia

Vitor Fernandes
Marcelino Galo foi o relator do projeto
O Projeto de Lei nº 19.476/2011, do Poder Executivo, que cria a Política e o Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Peater e Proater), foi votado e aprovado por unanimidade nesta quarta-feira pelos deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). O relator do projeto, o deputado estadual e vice-líder do governo Marcelino Galo (PT), garantiu a participação dos movimentos sociais, entidades e organizações do setor agrário e da sociedade civil na elaboração de emendas para a proposição do Governo da Bahia. Com a aprovação da lei, haverá no campo as condições necessárias para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar, dos empreendimentos rurais, assentados de reforma agrária, povos indígenas, quilombolas, além de agroextrativistas, silvicultores, aquicultores, pescadores, colonos, meeiros e posseiros, comunidades de fundo e fecho de pasto, ribeirinhos e agricultores da zona rural e periurbanos.
Envie a um amigo Assinar feed  

Manchetes do dia

- A Tarde: Internação involuntária para enfrentar o crack
- Correio*: ‘Tô zero bala’
- Tribuna: PIB baiano cresce mais que o nacional
Folha: Senado rejeita criação de outro imposto da saúde
Estadão: Dilma vai mudar gerência do PAC para aquecer economia
Correio: Policial em fúria invade o Palácio do Buriti e é preso
Valor: Pressão por gastos ameaça meta fiscal, alerta Mantega
Zero Hora: Dilma promete R$ 4 bi para enfrentar o crack
Envie a um amigo Assinar feed  

Wagner chama secretário de Segurança Pública de “jóia”

O governador Jaques Wagner (PT) disse ontem à noite que o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, é “uma jóia que a gente colocou aqui, do mesmo calibre do (José Mariano) Beltrame” (secretário estadual de Segurança Pública apontado como um dos responsáveis pelo controle da criminalidade no Rio de Janeiro), ao falar sobre o problema de segurança no Estado. Wagner disse que tem monitorado de perto todos os avanços sobre a segurança pública no Estado e que pela primeira vez nos últimos 10 anos a curva da violência está caindo na Bahia. “Acho que a segurança é um problemaço, mas existem várias iniciativas que temos tomado como a integração das polícias, o planejamento, renovamos a frota, trocamos coletes, estamos instalando as UPPs”, disse. As afirmações foram feitas durante um jantar exclusivo com jornalistas de comemoração de fim de ano. Wagner afirmou também que toda a culpa dos problemas na segurança devem ser colocadas nele, porque tem a certeza de que o povo não o condena por isso, exatamente porque verifica que ele não está parado, mas buscando resolvê-los. Ele disse também ter recebido novo ânimo ao participar, pela manhã, em Brasília, do lançamento de um programa do governo federal para combater e prevenir o crime organizado e o crack. “O tráfico é um crime federal, porque a droga entra pela fronteira”, acrescentou.
Envie a um amigo Assinar feed  

2012: Wagner diz não temer unidade das oposições em Salvador

O governador Jaques Wagner (PT) declarou ontem à noite, em jantar com jornalistas, não se preocupar com a forma como as oposições se organizarão para disputar a Prefeitura de Salvador em 2012. “Do nosso lado, acho que temos que preparar o melhor time, mas a sensação que tenho é que as oposições estão num box onde caiu um sabonete e todo mundo está encostado na parede”, brincou, levando os jornalistas às gargalhadas. Ele disse que a hipótese de As oposições se unirem no primeiro turno não gera nele temor porque pode ser a solução do problema também do lado do governo, já que, em sua avaliação, forçaria também a unidade em torno do candidato governista à Prefeitura, cujo nome deve ser o do deputado federal Nelson Pelegrino, embora ele não o tenha citado nominalmente.
Envie a um amigo Assinar feed  

2014: Wagner admite novo nome no PT, aconselha Gabrielli e diz que não disputará nada

Manu Dias/Agecom
Governador recebe jornalistas no Palácio Rio Branco
O governador Jaques Wagner (PT) não descartou o surgimento de mais um nome no PT à sua sucessão, em 2014, mas também não deu muita ênfase à hipótese, durante jantar ontem à noite com jornalistas no Palácio Rio Branco. “Pode surgir mais um candidato, inclusive nos partidos aliados, embora ache que provavelmente a cabeça da chapa será do PT, sem tirar o direito de ninguém querer disputar”, afirmou Wagner, que listou as vantagens e dificuldades dos quatro nomes a que tem se referido no PT como viáveis.
“(José Sérgio) Gabrielli (presidente da Petrobras) é um nome provado. (O senador Walter) Pinheiro é provado na densidade eleitoral. Moema (Gramacho, prefeita de Lauro de Freitas) é reeleita e tem punch eleitoral. Luiz Caetano (prefeito de Camaçari) é reeleito, tem sucesso, vamos ver se fará o sucessor”, afirmou Wagner, observando que quatro é um número bom para a escolha do eleitor e que não colocará a mão sobre nenhum deles até 2013, porque isto seria dividir as forças do partido.
“As pessoas têm que ralar, se credenciar”, acrescentou, analisando ainda que, se tiver realmente a pretensão de disputar sua sucessão, José Sérgio Gabrielli terá que deixar a Petrobras e desembarcar na Bahia para militar no partido ou trabalhar no seu governo. Para Wagner, quem faz o sucessor cresce e quem não faz decresce no ranking dos prováveis candidatos, assim como “se eu chegar bem em 2014 peso mais, se chegar menos, peso menos”.
“Mas quero discutir isso só no segundo semestre de 2013. Pesquisa que vale é a partir de abril do ano eleitoral”, declarou, anunciando ainda que não será candidato a nada em 2014 e que tem como objetivo, principalmente, fazer seu sucessor ou sucessora e trabalhar pela reeleição da presidente Dilma Rousseff. “Não é preciso mandato para fazer política. O mais importante para mim é o reconhecimento de que mudamos a Bahia na relação com tudo”, declarou.
Envie a um amigo Assinar feed  

Antes de recesso, Câmara quer aprovar aumento para funcionários

A Câmara dos Deputados prepara para a última semana de votação no plenário antes do início do recesso parlamentar a aprovação de projetos de criação de cargos e de aumento dos salários de seus funcionários. Os projetos tratarão de três assuntos diferentes. Um, além do reajuste médio de 10% para os servidores, tratará também do plano de carreiras dos servidores comissionados e dos concursados. O aumento pode chegar a 39%. Outro será um aporte orçamentário que pode ser usado para o aumento da verba de gabinete. Hoje, cada um dos 513 deputados tem direito a R$ 60 mil por mês para contratar até 25 funcionários. Esse valor pode ser elevado para R$ 80 mil. O terceiro projeto tratará da criação de cerca de 60 cargos para para beneficiar o PSD, sigla criada recentemente pelo prefeito Gilberto Kassab. Os cargos devem ser criados temporariamente apenas até o final dessa legislatura. Segundo o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), alguns desses cargos devem ser retirados de partidos como o DEM, que perderam deputados recentemente. (Folha)
Envie a um amigo Assinar feed  

Parlamentares evangélicos e católicos pedem mudanças em campanhas do Carnaval

Incomodados com os lemas das campanhas de prevenção do Ministério da Saúde – como as que pregam no carnaval as relações sexuais seguras com o uso da camisinha -, parlamentares evangélicos e católicos querem modificar o tom dessas mensagens. Eles reivindicam que as campanhas também enalteçam a abstinência e a importância da procriação para formação familiar. “Neste Carnaval, não transe. Se preserve para o casamento, porque família é bom” foi um dos slogans sugeridos pelos evangélicos ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em reunião da Frente Parlamentar da Família, na noite desta quarta-feira. As duas mensagens do ministério para o Carnaval, – “Sem camisinha, não dá” e “Seja qual for a fantasia, use sempre a camisinha” – desagradaram aos religiosos. O ministro admitiu fazer uma campanha direcionada para os religiosos, mas não falou em mudar o tom das atuais campanhas de carnaval. O encontro foi organizado pelo senador evangélico Magno Malta (PR-ES). (O Globo)
Envie a um amigo Assinar feed  

Chávez ri de anúncio em que ‘beija’ Obama

Ariana Cubillos / AP
Chávez ri ao ver anúncio da Benneton
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, riu do anúncio da Benetton em que, numa montagem, ele aparece “beijando” seu rival ideológico Barack Obama, presidente dos EUA, e disse que se trata de uma “boa piada”. A foto foi parte de uma polêmica campanha da grife italiana, que mostrava líderes políticos e religiosos se beijando na boca, sob o slogan “unhate” (algo como “deixe de odiar”). O Vaticano anunciou a decisão de processar a Benetton por causa da imagem em que o papa Bento 16 aparece beijando um imã muçulmano. Já Chávez levou o assunto na esportiva. “Eu nem tinha visto isso! E como o Obama aparece lá? Com os olhos fechados, como que inspirado?”, brincou Chávez ao ser questionado por jornalistas sobre o assunto, e antes de ver a imagem. “Caramba, é um selinho! Eu também estou com os olhos fechados”, gargalhou ele ao ver a foto. “Zoam comigo o tempo todo, mas não faço nada (…). Minha tendência pessoal e espiritual é rir de mim mesmo. Foi uma boa piada”. (Reuters)
Envie a um amigo Assinar feed  

Itamaraty conta com até 120 chefes de Estado na Rio+20

O Ministério das Relações Exteriores conta a presença de 100 a 120 chefes de Estado para a Rio+20, que será realizada em junho do próximo ano na capital fluminense. “Não sabemos se virão, mas estamos nos preparando para recebê-los”, disse o secretário José Solla, do Itamaraty, que trabalha na logística da reunião sobre desenvolvimento sustentável das Nações Unidas. Ele deu detalhes sobre como funcionará o evento durante a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 17), que acontece em Durban, na África do Sul. A Rio+20 é uma reunião de planejamento de longo prazo para renovar os compromissos políticos da Eco 92, sediado na mesma cidade, e aprovar novas iniciativas para o futuro nessa área. Portanto, é de um nível superior ao das conferências do clima, que acontecem anualmente. (Globo Natureza)
Envie a um amigo Assinar feed  

Justiça Federal bloqueia bens de ex-diretor da Valec

A Justiça Federal decretou a indisponibilidade de bens de José Francisco das Neves, o “Juquinha”, por suposta fraude de R$ 71 milhões em contrato para a construção da ferrovia Norte-Sul firmado pela Valec, empresa federal que ele presidia até este ano. Os bens bloqueados de Juquinha são um apartamento avaliado em R$ 20 mil, uma casa de R$ 550 mil em Goiânia e uma fazenda de R$ 3,3 milhões em Goiás. A sentença da ação, movida pelo Ministério Público Federal, atinge ainda bens da Constran e da EIT (Empresa Industrial e Técnica). Além de Juquinha, são citados Ulisses Assad, ex-diretor de engenharia, Jorge Antônio Mesquita Pereira de Almeida, superintendente de projetos e André Luiz de Oliveira, superintendente. (Folha)
Envie a um amigo Assinar feed  

Secretário do PT chama de ‘hipocrisia’ denúncias contra Pimentel

O secretário de Comunicação do PT, deputado federal André Vargas (PR), saiu nesta quarta-feira em defesa do ministro petista Fernando Pimentel (Desenvolvimento e Indústria), suspeito de irregularidades em seus negócios. Vargas chamou de ”hipocrisia” as denúncias apontadas contra Pimentel.ocuparam cargos públicos. Há uma incompreensão generalizada a respeito das atividades de homens que ocuparam cargos públicos. As consultorias merecem uma regulamentação”, disse. (Folha)
Envie a um amigo Assinar feed  

Após 8 anos, Dilma troca guardas que vigiam palácios da Presidência

Após oito anos, a Guarda da Presidência da República retomou nesta quarta-feira uma cerimônia que marca a troca entre os homens responsáveis pela segurança dos palácios usados pela presidente Dilma Rousseff e o vice Michel Temer. Desde 2003, a guarda do Palácio do Planalto (local de trabalho da Presidência) e do Palácio do Jaburu (residência oficial da Vice-Presidência) era feita pelo Batalhão da Guarda Presidencial, de infantaria. Eles trocam de lugar agora com os Dragões da Independência, batalhão de cavalaria, que até então fazia a guarda do Palácio da Alvorada (residência oficial) e da Granja do Torto (casa de campo). (G1)
Envie a um amigo Assinar feed  

PM que delatou fraude no Esporte é preso e advogado cita propina

Felipe Neri/G1
João Dias Ferreira
O policial militar João Dias Ferreira, que acusou um esquema de desvio de dinheiro no Ministério do Esporte, disse ter recebido R$ 200 mil de propina de pessoas ligados ao governador Agnelo Queiroz (PT), ex-chefe da pasta, como forma de “cala-boca”. Ferreira é dono de duas ONGS que desviou mais de R$ 3 milhões do Esporte, quando Agnelo era ministro e também na gestão de Orlando Silva – que caiu após as acusações. Durante a crise no Esporte, João Dias Ferreira centrou as acusações em Orlando Silva, sem implicar diretamente Agnelo. O policial foi preso em flagrante por injúria na tarde desta quarta-feira, na sede da governo do DF, o Palácio do Buriti. Ele foi detido após trocar agressões verbais com assessores da secretaria de governo, comanda por Paulo Tadeu – um dos principais aliados de Agnelo. Há informações preliminares de que houve agressões físicas. Na confusão, ele jogou R$ 200 mil no chão. “Ele recebeu ontem esse dinheiro na casa dele de pessoas que ele entende que sejam do governo, como forma de ‘cala-boca’. Ele resolveu então ir devolver o dinheiro e foi na secretaria de Paulo Tadeu, que é quem ele entende que foi a origem do dinheiro”, disse o advogado de Ferreira, André Cardoso. (Folha)
Envie a um amigo Assinar feed  

Gorbachev pede novas eleições na Rússia

O último líder soviético, Mikhail Gorbachev (1985-1991), pediu nesta quarta-feira às autoridades da Rússia que anulem os resultados das eleições parlamentares vencidas no domingo pelo partido do premiê Vladimir Putin e convoquem uma nova votação em meio ao aumento da indignação popular por causa de alegações de fraude eleitoral. O pedido para uma votação totalmente nova é um fato memorável para uma eleição que não atraiu muito interesse durante a campanha. Putin queria que o Rússia Unida (RU) fosse bem para abrir caminho para seu retorno à presidência nas eleições de março, mas poucos russos pareciam se importar com as legislativas, com muitos dizendo à Associated Press que os resultados seriam manipulados de qualquer forma. Com 99,9% dos votos apurados, a governista RU obteve 49,3% das cédulas, o que representa 238 dos 450 cadeiras da Duma, a Câmara Baixa do Parlamento russo. O porcentual conquistado é uma grande queda em relação a 2007, quando a legenda obteve 64% dos votos. (iG)
Envie a um amigo Assinar feed  

Assembleia aprova PPA em 2º turno

A Assembleia Legislativa aprovou, em segundo turno, o Plano Plurianual (PPA). O projeto que acolheu três emendas da oposição vai, agora, à sanção do governador Jaques Wagner (PT). (Thiago Ferreira)
Envie a um amigo Assinar feed  

Lula, de barba, e Dilma estimulam filiação ao PT em programa de TV

Ricardo Stuckert
Dilma e Lula
O PT leva ao ar amanhã um programa nacional de TV, no horário destinado a partidos políticos, conclamando as pessoas a se filiarem à legenda. Lula e a presidenta Dilma Rousseff são as estrelas da peça publicitária, que mostra ainda o presidente do partido, Rui Falcão, e os cinco governadores petistas. O ex-presidente gravou as falas em sua casa, em São Bernardo do Campo. Quando participou do programa, ele já se tratava do câncer na laringe. Já tinha recebido a primeira sessão de quimioterapia, mas ainda não tinha raspado o cabelo e a barba. A voz do petista, no entanto, está ligeramente rouca. (Folha)
Envie a um amigo Assinar feed  

Governo admite rachaduras na obra do São Francisco

Responsável pela transposição do Rio São Francisco, o Ministério da Integração Nacional divulgou uma nota sobre o andamento do projeto. No texto (disponível aqui), informa-se que fiscais da pasta “identificaram rachaduras, fissuras e descolamento de placas de concreto em três trechos” da obra. As “falhas” foram classificadas como “serviços em deterioração”. Afetam canais assentados nas cidades de Floresta e Custódia. Ambas ficam em Pernambuco, o Estado do ministro Fernando Bezerra (PSB), titular da pasta da Integração Nacional (foto lá no alto). “Não há nenhum risco de prejuízo para o ministério”, anota o documento divulgado nesta quarta (7). Alega-se que “os serviços possuem garantia contratual e serão reparados pelas empresas.” “O Ministério da Integração não pagará, em hipótese alguma, o mesmo serviço em duplicidade”, enfatiza o texto.
A nota vem à luz quatro dias depois da veiculação de notícia sobre a deterioração e a paralisia das obras do São Francisco. Vendida por Lula como “prioridade” do PAC, a transposição foi levada à vitrine eleitoral de 2010 como evidência da capacidade gerencial de Dilma Rousseff. Depois da posse de Dilma, o que era prioritário no gogó tornou-se a secundário na prática. As obras passaram a conviver com desencontros financeiros. As empreiteiras condicionaram a continuidade de determinados trechos à renegociação dos valores. Sem acordo, evoluiu-se para a paralisia. Hoje, as obras estão orçadas em R$ 6,8 bilhões. Uma cifra 36% acima dos valores iniciais. O governo já pagou R$ 2,7 bilhões. Empenhou outros R$ 3,8 bilhões. Em sua nota, o ministério tenta contester a paralisia: “O Projeto de Integração do Rio São Francisco não está interrompido ou parado.” Afora dois canais confiados ao Exército, há 14 lotes sob responsabilidade de consórcios privados. A despeito da negativa, o documento do ministério realça: “A obra conta com 3.900 postos de trabalho e com dez lotes em atividade”. Leia mais no Blog do Josias.
Envie a um amigo Assinar feed  

TRE aponta dupla filiação e Pró Jack critica PR

A pré-candidata à vereadora de Salvador, Pró Jack, que ficou conhecida após dançar a música “Toda Enfiada”, foi notificada hoje pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de possuir dupla filiação. Em conversa com o Política Livre, Jack disse ter se filiado ao PR em julho deste ano, mas, para tentar se eleger à vereança, preferiu um partido menor e se filiou, em setembro, ao PTN. Ainda de acordo com a pré-candidata, ela informou, em conversa com o vereador Isnard Araújo e, posteriormente, com o deputado federal Maurício Trindade, a sua decisão e teria sido liberada pelo vereador que, também segundo ela, declarou que a legenda enviaria os documentos para o TRE. Hoje, o tribunal notificou Jack, apontando a dupla filiação – no PR e no PTN – e dando o prazo até hoje para que ela regularizasse a situação. No entanto, a ex-professora disse que não pode ir ao TRE e que, na sexta-feira, deve ir com o advogado do PTN recorrer da situação que inviabiliza a sua candidatura. (Thiago Ferreira)
Envie a um amigo Assinar feed  

Adolescente é baleado em tiroteio no bairro da Federação

Um adolescente de 13 anos foi baleado na tarde desta quarta-feira em uma região conhecida como Alto da Bola, na 1ª Travessa Gel, localizada no bairro da Federação. Segundo informações do posto policial do Hospital Geral do Estado (HGE), J.S foi atingido na cabeça e no braço. Ele está em estado grave. A vítima foi socorrida em um táxi por volta das 17 horas. A mãe de J.S, que acompanhou ao chegar na emergência, deu entrada com o filho e em seguida foi embora. Ainda não se sabe se o menino tem algum envolvimento com o tráfico de drogas. Viaturas da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho) e da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM – Garcia/Federação) já estão no local. (Correio)
Envie a um amigo Assinar feed  

Assembleia aprova criação do Peater e Proater voltados aos agricultores e assentados da Bahia

Vitor Fernandes
Marcelino Galo foi o relator do projeto
O Projeto de Lei nº 19.476/2011, do Poder Executivo, que cria a Política e o Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Peater e Proater), foi votado e aprovado por unanimidade nesta quarta-feira pelos deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). O relator do projeto, o deputado estadual e vice-líder do governo Marcelino Galo (PT), garantiu a participação dos movimentos sociais, entidades e organizações do setor agrário e da sociedade civil na elaboração de emendas para a proposição do Governo da Bahia. Com a aprovação da lei, haverá no campo as condições necessárias para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar, dos empreendimentos rurais, assentados de reforma agrária, povos indígenas, quilombolas, além de agroextrativistas, silvicultores, aquicultores, pescadores, colonos, meeiros e posseiros, comunidades de fundo e fecho de pasto, ribeirinhos e agricultores da zona rural e periurbanos.
Envie a um amigo Assinar feed  

Irregularidades aumentam seguro obrigatório em 11%, diz TCU

O TCU (Tribunal de Contas da União) avaliou que o DPVAT, seguro obrigatório pago por todos os proprietários de veículos do país, está ficando mais caro ano a ano por causa de irregularidades e falta de controle nos gastos das seguradoras que administram os recursos. E que, se nada for feito, poderá aumentar em média 11% ao ano nos próximos cinco anos para os veículos de passeio e até 21% para outras categorias. O seguro é usado para indenizar pessoas que sofreram acidentes de automóvel em todo o país. Desde 2007, o DPVAT é administrado por um “pool” de cerca de 70 seguradoras. Elas criaram uma empresa específica, de nome Consórcio Seguradora Líder, que recebe os recursos pagos pelos proprietários dos carros. (UOL)
Envie a um amigo Assinar feed  

Oito praias estão impróprias para banho na RMS

Dentre as 34 praias avaliadas pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), na Região Metropolitana de Salvador (RMS), oito estão impróprias para o banho. O órgão chama atenção para que os banhistas evitem as praias de Periperi (atrás da estação férrea), Penha (em frente à Igreja Nossa Senhora da Penha), Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família), Roma (em frente à Rua Professor Roberto Correia), Canta Galo (atrás da antiga fábrica da Brahma), Armação (em frente ao Clube Interpass), Boca do Rio (em frente ao Posto Salva Vidas) e Buraquinho (em frente a barraca de praia Chalé). Nas demais praias da grande Salvador, as condições são normais, lembrando que se deve evitar o banho de mar em tempo chuvoso. O diagnóstico das condições de balneabilidade é obtido mediante o recolhimento de amostras em 30 praias de Salvador, mais quatro praias de Lauro de Freitas, durante cinco semanas. O material é analisado e os exames bacteriológicos confirmam as praias impróprias para o banho. (A Tarde)
Envie a um amigo Assinar feed  

Gol prevê economia de US$ 50 mi com transferência de aviões para Delta

A transferência de dois aviões da Boeing, modelo 767-300, da Gol para a Delta vai significar uma economia de US$ 50 milhões para a Gol até 2014, estimou o presidente da Gol, Constantino de Oliveira Junior. De acordo com ele, o acordo de compartilhamento de voos entre a Gol e a Delta deverá estar totalmente implementado e integrado até o início do quarto trimestre de 2012. Isso significa que o passageiro da Gol vai poder comprar conexões nos Estados Unidos com o código da Gol no site da própria companhia. O inverso ocorrerá para o passageiro da Delta que embarcará nos Estados Unidos, mas fará conexões em destinos operados pela Gol, no Brasil. (Valor)
Envie a um amigo Assinar feed  

Nenhum comentário :