Um blog de Alagoinhas e região com notícias dos melhores blogs do estado da Bahia, do Brasil e do mundo

Imagem

Folha online e Política hoje

Nenhum comentário
03/12/2011

Foto inédita mostra Dilma num interrogatório de 1970


Revista Época/Reprodução
A foto acima exibe Dilma Rousseff no frescor da juventude. Foi clicada em novembro de 1970, na sede da Auditoria Militar do Rio de Janeiro.
Presa pela ditadura, a então guerrilheira Dilma –ou Estela ou Vanda ou Luíza, seus codinomes na clandestinidade— tinha escassos 22 anos.
No momento em que a máquina fotográfica foi acionada, ela estava sendo interrogada. Repare num detalhe: os inquisidores escondem o rosto com a mão.
Deve-se a veiculação da imagem ao repórter Ricardo Amaral. Içou-a das páginas do processo contra Dilma na Justiça Militar. E  acomodou-a num livro que chega às prateleiras no próximos dias.
Chama-se ‘A vida quer Coragem’. Foi impresso pela Editora Primeiro Plano. Contém uma reportagem de fôlego de Amaral. Relata os passos de Dilma da guerrilha até o Planalto.
A foto e trechos da obra foram publicados pela revista ‘Época’, um dos veículos para os quais Amaral já trabalhou.
Os pedaços do livro que tratam de 2010 trazem o relato de olhos que perscrutaram os subterrâneos da campanha petista.
Amaral foi assessor da Casa Civil da Presidência e também da campanha de Dilma.
Num dos trechos antecipados pela revista, o livro esmiuça passagem da sucessão presidencial em que o generalato do PT via no antagonista José Serra uma ameaça real.
Esse naco do texto vai abaixo, no português escorreito do autor:
A pesquisa Datafolha divulgada no primeiro domingo depois do primeiro turno mostrava Dilma com 54% dos votos válidos e Serra com 46% – ele herdava, segundo a pesquisa, mais da metade dos eleitores de Marina; e Dilma, apenas um quinto. [...] Quase todos no comando da campanha tinham passado pelo menos uma noite sem dormir, ou tendo pesadelos com a derrota. José Eduardo Dutra chegou a calcular o passo seguinte – renunciar à presidência do PT, como fazem os dirigentes dos partidos europeus quando perdem uma eleição.
As pesquisas internas mostravam que a situação era ainda pior: a vantagem de Dilma estava abaixo de cinco pontos, em queda constante, de acordo com os trackings da Vox Populi. Quem levou as más notícias aos coordenadores foi Chico Meira, o sócio de Marcos Coimbra na Vox. Ele chegou depois do almoço ao hotel em São Paulo onde Dilma se preparava para o primeiro debate do segundo turno, na TV Bandeirantes.
Queria falar com a candidata, mas parou na antessala onde estavam Dutra, Antonio Palocci, José Eduardo Cardozo e o marqueteiro João Santana. A situação era ainda pior, ele disse, porque os eleitores passaram a avaliar mal os atributos da candidata – ela tinha deixado de ser considerada a mais preparada, mais confiável, mais sincera. Ou seja: a tendência era continuar caindo. Chico Meira tinha lágrimas nos olhos quando concluiu:
– Nós perdemos esta eleição.
Palocci e Santana tinham uma boa memória das eleições de 2006. Eles se lembravam de movimento semelhante na avaliação dos atributos de Lula logo depois do primeiro turno. Para os dois, não se tratava de uma tendência, mas de uma reação passageira dos eleitores diante de um candidato favorito que não consegue liquidar a fatura na primeira rodada. Palocci apontou a porta ao analista de pesquisas:
– Volte pra casa imediatamente. Aconteceu a mesmíssima coisa com o Lula em 2006. Você não vai mostrar isso nem pra ela nem pra ninguém.
Dilma não viu os números, mas sabia perfeitamente que sua campanha precisava de um rumo claro, que a guerra santa só interessava ao adversário e que ela tinha de aproveitar o primeiro debate para marcar a retomada. [...] Dutra e Palocci conversaram com Dilma pouco depois de ver os números da Vox Populi e perceberam que ela estava disposta a sair das cordas no primeiro debate frente a frente com Serra. Foi antes de a candidata entrar na TPD, a tensão pré-debate habitual.
Palocci começou:
– Hoje você tem que mostrar que quer mesmo ganhar esta eleição.
Dutra reforçou:
– O jogo está na sua mão.
Dilma entendeu:
– Podem deixar, hoje vai ser diferente.

Supermercado em Alagoinhas Bahia vende produtos com data de validade vencida

O supermecado Super Medeiros localizado no bairro do Bareiro na cidade de Alagoinhas foi nenunciado ao site Alagoinhas em Foco que está vendendo um grande lote de farinha de trigo com data de fabricação de 21/11/2011.
O Blog Alagoinhas em Foco faz o alerta e solicita as autoridade competentes para checar no supermecado Super Medeiros a denunçia. Onde há fumaça há fogo já dizia a vovozinha.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 20:01
O governo conseguiu desmontar o apoio que a oposição havia obtido no Senado para emendar a Proposta de Emenda Constitucional que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2015, ao convencer os senadores Paulo Davim (PV-RN) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) a retirarem suas assinaturas. Com isso, o total de 28 assinaturas, uma a mais do que as 27 necessárias, caiu para 26, sendo oito delas de senadores de partidos da base aliada do governo.
Os líderes do PSDB, Alvaro Dias (PR), e do DEM, Demóstenes Torres (GO), garantem ter outros nomes para substituir os que recuaram. Os nomes, segundo eles, só serão conhecidos na quinta-feira, quando a proposta será votada em primeiro turno. Os líderes acreditam que contarão com o apoio de 31 colegas. O mecanismo da DRU permite ao governo usar livremente 20% de todas receitas federais, sem ficar engessado aos repasses previstos na Constituição.
O DEM tem três emendas prontas, todas elas destinando mais recursos para a área da saúde. A do presidente do DEM, senador José Agripino(RN), destina 10% dos R$ 62,4 bilhões da DRU para a saúde. As emendas do líder democrata Demóstenes Torres (GO) preveem para o setor os R$ 9,5 bilhões decorrentes da queda de 1,5% da taxa Selic e parte dos R$ 12 bilhões da DRU destinada à reserva de contingência. Informações do Estadão.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 19:43
A presidente Dilma Rousseff ironizou nesta sexta-feira (2), em Caracas, a declaração de amor feita a ela pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT), no mês passado e disse que fará uma análise "objetiva" para decidir, a partir de segunda, se ele permanece na pasta.
Questionada se o "Dilma, eu te amo" lançado por Lupi durante sessão da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara no dia 10 havia influenciado a decisão da mandatária de mantê-lo no cargo até agora, apesar do parecer contrário da Comissão de Ética da Presidência, ela respondeu: "Eu tenho 63 anos de idade, uma filha com 34 anos, um neto de um ano e dois meses. Eu não sou propriamente uma adolescente e eu diria também [que não sou propriamente] uma romântica. Acho que a vida ensina a gente. Acho que a gente tem de respeitar as pessoas, mas eu faço análises muito objetivas."
"Qualquer situação referente ao Brasil vocês podem ter certeza que eu resolvo a partir de segunda-feira", continuou. Na quinta-feira, antes de embarcar rumo à Venezuela, Dilma disse a Lupi que a única chance de ele permanecer no cargo até a reforma ministerial era fornecer explicações "convincentes" sobre o fato de ter ocupado, simultaneamente, dois cargos públicos por quase cinco anos. Informações da Folha.

Lupa'm'ar!


Miguel
- Via 'Jornal do Commercio'. O blog no twitter.

Escrito por Josias de Souza às 01h22




Ministra Iriny se lança candidata a prefeita de Vitória

Fábio Pozzebom/ABr

Iriny Lopes, ministra-chefe da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência formaliza nesta sábado (3) sua candidatura à prefeitura de Vitória pelo PT.
Ela vinha postergando o gesto. Mexe-se agora em reação a um movimento esboçado pelo atual prefeito da capital capixaba, João Coser.
Embora seja petista como Iriny, Coser manifestou publicamente simpatia por outro nome. Deseja ser sucedido pelo ex-governador Paulo Hartung, do PMDB.
Ao achegar-se à boca do palco, Iriny como que embaralha o jogo do companheiro Coser. A ministra invoca uma deliberação da direção do PT federal.
O partido decidiu que vai privilegiar candidaturas próprias nos municípios com mais de 150 mil eleitores, caso de Vitória.
De resto, Iriny alega dispor do apoio de lideranças expressivas da legenda. Cita o ex-chefão da Casa Civil José Dirceu e a própria Dilma Rousseff.
"Minha pré-candidatura não surgiu individualmente, foi conversada", diz Iriny.
A Dilma interessa que Iriny troque Brasília pelos palanques municipais. Facilita a reforma ministerial programada para o início de 2012.
Dilma amadurece a ideia de fundir três secretarias em uma. A pasta das Mulheres e a da Igualdade Racial seriam absorvidas pela de Direitos Humanos.
- O blog no twitter.
Escrito por Josias de Souza às 00h18

02/12/2011

Ciro Gomes é vaiado em evento do PSB, ‘seu’ partido

José Cruz/ABr

Ciro Gomes, o triplo ‘ex’ do PSB (ex-presidenciável, ex-ministro e ex-deputado), foi recebido com vaias ao chegar ao Congresso Nacional de sua legenda.
Afora os apupos, Ciro atravessou, a caminho do auditório em que ocorria o encontro partidário, uma faixa com dizeres azedos.
Pedia “a volta da democracia do PSB no Ceará”. A seccional cearense do partido é controlada por Ciro e pelo irmão, o governador Cid Gomes.
Sob as vaias e por trás da faixa, esconde-se uma disputa cada vez menos subterranean. De um lado, Ciro. Do outro, Eduardo Campos.
Governador de Pernambuco e presidente do PSB federal, Eduardo tenta viabilizar-se como única opção presidencial da legenda.
Ciro não se deu por achado: "Quem já foi duas vezes [candidato à Presidência da República] não pode andar mentindo, dizendo que não quer ser."
E quanto à pretensão de Eduardo? "Tem todos os dotes para isso, falta só a estrada que eu tenho", estocou Ciro.
Instado a falar sobre o tema, Eduardo desconversou. O encontro do PSB prossegue neste sábado.
No comando da agremiação há seis anos, Eduardo sera reconduzido à presidência. Por ora, declara-se fiel apoiador do governo e da reeleição de Dilma Rousseff.
- O blog no twitter
Escrito por Josias de Souza às 22h34


Geraldo Alckmin: ‘O Lula não elege Fernando Haddad’

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) acha que a interferência de “forças externas” não definirá os rumos da eleição na capital paulista.
Em entrevista a Marília Gabriela, Alckmin disse que é equivocada a tese segundo a qual “fulano vai eleger cicrano ou beltrano”.
Provocado, o governador foi ao ponto: “O Lula não elege Fernando Haddad. O Geraldo Alckmin não elege tucano.”
Para ele, “ou as lideranças conquistam a confiança do eleitor ou não vão ganhar a eleição. Essa transferência de prestígio é muito pequena.”
A entrevistadora fez cara de dúvida. E Alckmin: a interferência “pesa mais [quando a disputa é] para o mesmo cargo..."
"...É inegavel que o Lula teve peso na eleição da presidenta Dilma. Mas aí não é o presidente indicando prefeito ou o governador indicando prefeito. É o mesmo cargo. É diferente.”
Na teoria de Alckmin, “o povo separa muito bem o que é município, o que é Estado e o que é governo federal.”
Recolheu exemplos do histórico do seu próprio partido: “Em 92, o PSDB foi muito mal para a prefeitura de São Paulo…”
“…Dois anos depois, [o partido] ganhou o governo do Estado e a presidência da República no primeiro turno...”
“…Em 2006, o [José] Serra foi muito bem, ganhou o governo do Estado. Em 2008, eu não fui nem para o segundo turno para prefeito de São Paulo..."
"...Em 2010, me elegi governador no primeiro turno.”
A transfusão de prestígio de Lula para o novato Haddad é, hoje, o principal pilar da tática de campanha do PT para a disputa de São Paulo.
Em entrevista concedida na noite passada, em Belo Horizonte, o presidente do PT, Rui Falcão, celebrou um dado sem contar de onde o extraiu:
“Na capital de São Paulo, pela primeira vez, Lula e Dilma têm mais influência na decisão de voto do que o governador Alckmin. Nunca tinha acontecido isso na capital.”
- O blog no twitter
Escrito por Josias de Souza às 21h09


Dilma e o ‘amor’ de Carlos Lupi: 'não sou romântica…'

Roberto Stuckert Filho/PR

Ainda em Caracas, Dilma Rousseff foi inquirida pelos repórteres, nesta sexta (2), sobre a situação do ministro Carlos Lupi (Trabalho).
Disse que, na segunda (5), já devolvida à rotina brasiliense, fará uma análise “objetiva” dos fatos e decidirá o destino do ministro.
Perguntou-se a Dilma se o arroubo de Lupi –“Dilma, eu te amo”— influiu na decisão de mantê-lo na pasta, contra recomendação da Comissão de Ética da Presidência.
E ela: "Eu tenho 63 anos de idade, uma filha com 34 anos, um neto de um ano e dois meses. Eu não sou propriamente uma adolescente…”
“…Eu diria também [que não sou propriamente] uma romântica. A vida ensina a gente. Acho que a gente tem de respeitar as pessoas, mas eu faço análises muito objetivas."
Por ora, a objetividade de Dilma resultou em nada. O romantismo do ministro rendeu-lhe a afeição do tiro adiado e um calor de microondas.
Lupi virou uma espécie de torresminho de Dilma.
- O blog no twitter
Escrito por Josias de Souza às 19h16


Procuradores de 21 países debatem os ‘novos crimes’

Brasília sediará na próxima semana a 19a Assembleia-Geral da Associação Ibero-Americana de Ministérios Públicos. Reúne procuradores do Brasil e de outros 20 países.
Começa na terça (6) e vai durar dois dias. Serão discutidas e divulgadas as conclusões de um documento sobre o combate ao tráfico de drogras.
Antes, na segunda (5), os procuradores debaterão num seminário as técnicas que vêm sendo utilizadas no enfrentamento às “novas formas de criminalidade”.
Em verdade, são formas seminovas de crime: delitos cibernéticos; tráfico de pessoas, ataques à biodiversidade e biopirataria.
Na lista, de resto, um flagelo inaugurado na época em que o primeiro homem e a primeira mulher perambulavam pelo Éden: a corrupção.
- Serviço: Aqui, a progromação do seminário. Aqui, o porgrama da assembleia.
- O blog no twitter.
Escrito por Josias de Souza às 18h06


Procuradoria do Trabalho também descobriu Chevron

Divulgação

Depois das autorides ambientais do Rio, da PF, da ANP, do Ibama e da Marinha, também o Ministério Público do Trabalho decidiu investigar a Chevron.
Em notícia veiculada no seu site, o órgão informou que foram abertas “duas investigações.”
Numa, vai-se apurar em que condições trabalham os funcionários da Chevron no Campo do Frade, que verteu óleo na Bacia de Campos.
Escora-se a decisão em inspeção feita pela ANP entre 23 e 25 de novembro. Detectou-se “a presença de gás sulfídrico”, com “risco grave e iminente à vida do trabalhador.”
Noutra investigação, deseja-se averiguar “a contratação ilegal de estrangeiros.” Uma suspeita levantada pela PF.
Até bem pouco, a Chevron Brasil era um braço invisível da logomarca americanana. Sugava petróleo na bacia de Campos isenta de fiscalização.
Foi necessário que a Chevron se lambuzasse de óleo para que as autoridades brasileiras a descobrissem.
Antes tarde do que nunca, diz a maioria. Verdade. Mas imagine: que país maravilhoso seria o Brasil se a fiscalização viesse antes do desastre!
- O blog no twitter
Escrito por Josias de Souza às 16h55

Marcos Valério ao receber voz de prisão: 'Ah tá, já sei'

Marcelo Prates/Hoje em Dia/Folha

Marcos Valério tem rotina parecida com a de muita gente. Todo dia de manhã, levanta e sai de casa, levanta e sai de casa, levanta e sai de casa… Até o dia em que o sujeito é acordado antes de levantar para ser levado de casa.
Nesta sexta (2), ao receber voz de prisão em sua mansão, em Belo Horizonte, Valério parecia familiarizado com os procedimentos: “Ah tá, já sei”. Pediu tempo aos policiais para banhar-se e trocar-se. Dali a meia hora, foi levado de casa.
Réu em mais de uma dezenas de valeriano$ processos, o ‘pé de cabra’ do mensalão foi em cana dessa vez por conta de uma tramóia fundiária. Ofereceu cinco fazendas em garantia de uma dívida fiscal de 158 mil.
As terras de Valério ficavam na Bahia. Coisa de 17.100 hectares. A procuradoria fazendária de Minas requisitou informações sobre as propriedades. Descobriu-se que Valério dera como garantia terras inexistentes.
O caso virou matéria prima para a polícia civil da Bahia, que conduzia a ‘Operação Terra do Nunca’. O objetivo era desmontar um esquema de grilagem de terras. Valério virou subproduto.
Preso na capital mineira, foi enviado a Salvador, onde prestará depoimento. Não demora a ganhar o meio-fio. No Brasil, como se sabe, ninguém fica no xilindró acima de um certo nível de renda.
Valério logo retomará a velha rotina. Todo dia de manhã, levanta e sai de casa, levanta e sai de casa, levanta e sai de casa… Até o dia em que…
Integrantes do governo japonês visitam Salvador
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 19:24
Uma comitiva formada por técnicos do Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca do Governo do Japão está nesta sexta-feira (02) em Salvador para encontros com representantes do governo estadual e empresários baianos. De acordo com o colunista do Ig, Guilherme Barros, os japoneses farão depois um roadshow pelo Nordeste e Centro-Oeste, para obter informações sobre a nova fronteira agrícola brasileira, apelidada de Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e oeste da Bahia). O objetivo é estimular associações com produtores daqui e garantir alimentos para a população japonesa.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 19:05
O advogado de Marcos Valério, Marcelo Leonardo, disse nesta sexta-feira (2) que deverá pedir, na semana que vem, a soltura do publicitário, preso nesta sexta-feira (2) em operação de combate à grilagem de terras. Marcelo Leonardo disse que ainda não teve acesso ao mandado de prisão, mas considera a prisão ilegal.
"Como o mandado de prisão não veio acompanhado da cópia do processo, entendemos que devemos procurar o documento no decorrer da próxima semana e entrar com um processo de habeas corpus", disse o advogado nesta sexta após participar de seminário no Senado.
Ele argumenta que a prisão preventiva só poderia ser dada em último caso e Marcos Valério nunca chegou a ser intimado para falar sobre esse caso. O publicitário foi detido na manhã desta sexta em Belo Horizonte, onde vive, e transferido logo depois para a Bahia.
A prisão foi pedida pelo Ministério Público da Bahia, que acusa Valério e outras 14 pessoas que também foram detidas por suspeita de fraudar documentos para provar a posse de terras na Bahia. Segundo os promotores, os imóveis, em sua grande maioria, não existiam, mas eram fabricadas matrículas para dá-los como existentes, com o objetivo de garantir empréstimos e execuções fiscais. Informações do G1.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 18:53
As 12 legendas que apóiam a pré-candidatura de Ademar Delgado à Prefeitura de Camaçari instituíram na manhã desta sexta (02) o fórum partidário que terá a tarefa de construir o planejamento da pré-campanha do petista.
Participaram da reunião os presidentes municipais do PT, Fabão Pereira; do PSD, Dr. Hosit Araújo; do PSB, Lupicínio Moura; do PHS, Jorge Brandão; do PTdoB, Pedro Mateus; do PR, Ramon Cruz; do PSL, Fábio Lima; do PDT, Soane Calmon; do PV, Flavia Castellar; do PSC, Dilson Magalhães; e do PRTB, Fabrizio Ramos.
O PCdoB foi representado no encontro pelo vice-presidente Julio Pinheiro. Os deputados estaduais Luiza Maia e Bira Corôa, ambos do PT, também estiverem presentes. Na oportunidade, foi definido também que no dia 22 de dezembro será realizado um grande ato político em apoio a Ademar.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 18:46
Uma pancadaria tomou conta de sessão realizada na noite desta quinta-feira na Câmara Municipal de Sobradinho. A confusão foi iniciada durante o debate em torno de um projeto de lei que permitiria a contratação de funcionários para a prefeitura da cidade. De acordo com informações da TV Bahia, vereadores da Câmara discutiam a matéria quando partidários e moradores do município iniciaram a briga.
Um vídeo postado na internet por um cinegrafista amador mostra o momento da confusão. Agentes da Polícia Militar que estavam no local precisaram agir para acalmar a situação. Durante abriga, alguns envolvidos, incluindo vereadores, sofreram ferimentos leves. A votação do projeto de lei foi adiada para a próxima quinta-feira (8).
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 18:28
O secretário da Secopa Ney Campello afirmou nesta sexta-feira (2) que não há motivos para preocupação quanto aos prazos de entrega da Arena Fonte Nova, embora o A Tarde tenha publicado matéria lembrando que até o momento o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) só liberou 20% dos recursos destinados à construção do estádio e que só deverá aportar o valor restante em 2012. Até agora, foram R$ 64,7 milhões de R$ 323,6 milhões.
“O fluxo financeiro está absolutamente equacionado. E a liberação [dos recursos] em 2012 já era prevista”, disse o secretário, acrescentando que um empréstimo com o BNB – cujo valor Campello não soube precisar – iria auxiliar para que a obra não sofresse com nenhum tipo de contratempo. O secretário especulou ainda que a liberação dos 65% de recursos recomendada em acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) - ainda não concretizada – deva acontecer entre os dois primeiros meses de 2012.
Sobre os projetos que estão sendo enviados pelo governo estadual para o Tribunal de Contas do Estado (TCE) a fim de que o último autorize a liberação do restante do dinheiro do BNDES, Campello afirmou que as últimas informações que tinha era de que 15 dos 29 projetos haviam sido entregues. “Agora, deve ser até mais. Mas até o final do ano teremos enviado tudo”, prometeu.
Entre as exigências listas pelo BNDES para a liberação de valor acima dos 20% estão a apresentação de projeto executivo da arena aprovado pela FIFA, contrato firmado com entidade certificadora de Qualidade Ambiental reconhecida internacionalmente, contrato firmado com empresa independente para auditar a execução físico-financeira dos investimentos e descrição dos projetos básicos e contratação das obras de intervenção no entorno.
Rodrigo Aguiar
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 18:12
O deputado tucano Fernando Francischini (PR) protocolou nesta sexta-feira (02) uma ação popular na 5ª Vara Cível da 4ª Região da Justiça Federal, do Paraná, contra a presidente Dilma Roussef, contra o ministro Carlos Lupi (Trabalho) e contra a União. Ele argumenta que Dilma se omitiu no dever de exonerar Lupi. Ele diz que o ministro, por sua vez, cometeu atos de improbidade administrativa.
Francischini pede que Lupi devolva aos cofres da União o salário que recebeu ao acumular dois cargos públicos distintos, na Câmara, em Brasília, e na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A "acumulação remunerada de cargos públicos" é proibida pela Constituição e pode levar a ações judiciais por improbidade administrativa e peculato, com cobrança da devolução dos recursos recebidos de maneira irregular. Informações da Folha.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 17:56
A Justiça determinou o bloqueio de bens do ex-presidente da Câmara de Itabuna, vereador Clóvis Loiola, e do ex-diretor de Recursos Humanos, Kleber Ferreira, além do contador Edson Alves Moreira, de José Rodrigues Júnior, Robson Nascimento Alves, Vilma Sueli Monteiro Gomes e das empresas DMS WL Serviços de Vigilância Ltda.
A decisão é do juiz Gustavo Silva Pequeno. Os bens foram bloqueados até o montante de R$ 437 mil, valor até aqui apontado oficialmente como o desviado dos cofres públicos em menos de dois anos da gestão de Clóvis Loiola na Câmara de Vereadores de Itabuna, entre 2009 e 2010. A justiça ainda julgará os pedidos de afastamento temporário do vereador Loiola e de quebra dos sigilos bancário e fiscal dos envolvidos. As denúncias de corrupção no legislativo itabunense resultaram numa Comissão Especial de Inquérito (CEI) no ano passado.
O relatório da CEI foi entregue ao Ministério Público estadual em dezembro do ano passado e incrimou Loiola pelos desvios, além de citar o vereador Roberto de Souza por omissão. Na época ele era membro da Mesa Diretora. O MP, após ouvir os citados e testemunhas, acabou por denunciar Loiola, Kléber Ferreira e outras oito pessoas e empresas. Informações do blog Pimenta na Muqueca.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 17:40
A qualidade da internet banda larga brasileira é o tema principal da audiência pública que a Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado realiza na quinta-feira (8) às 9h. O objetivo é discutir a situação do Programa Nacional de Banda Larga (Brasil Conectado), as deficiências na transmissão de dados via internet e os subsídios, subvenções e demais políticas públicas destinadas aos fornecedores desses serviços.
Foram convidados para a audiência pública o secretário executivo do Ministério das Comunicações, Cesar Alvarez, o presidente da Telebrás, Caio Bonilha, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Batista de Rezende, e um representante da empresa de telefonia Oi. Informações da Agência Senado.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 17:22
Em Vitória da Conquista na manhã dessa sexta-feira (2), a vereadora Naara Duarte (DEM) deu entrada na Receita Federal do documento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), da qual ela é presidente, para investigar irregularidades na gestão do prefeito de Itapetinga, José Carlos Moura (PT).
De acordo com a parlamentar, há mais de um mês ela cobrou junto à Prefeitura Municipal uma relação de documentos para a realização dos procedimentos e, como até o momento não recebeu nenhuma documentação, foi obrigada a buscar providências na Justiça.
“A CPI foi proposta por cinco vereadores, por conta de um contrato celebrado entre a Prefeitura Municipal de Itapetinga e a empresa Bernardo Vidal, de Recife, para recuperação de suposto INSS depositado a mais ou a maior entre o ano de 1998 a 2004. E nas nossas visitas ao Tribunal de Contas, foram detectados pagamentos a essa empresa já no montante, até fevereiro de 2011, no valor de R$ 672 mil. Isso foi um valor muito alto para os cofres públicos de cidade de Itapetinga e chamou a atenção”, explicou a democrata. Informações e foto do Blog do Anderson.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 17:04
Foto: Maiana Marques/PH
O PSDB, apesar de não confirmar que pretende atrair um eleitorado que normalmente se identifica com partidos de esquerda, deve realizar no ano que vem um congresso do Núcleo Sindical. Em conversa com o Política Hoje, o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB-BA), confirmou o desejo dos tucanos, mas rechaçou a intenção de conquistar os sindicalistas, uma das bases do PT. “O objetivo é interagir com os sindicatos, os trabalhadores. Dialogar de uma forma mais franca”, justificou. O presidente nacional da legenda, deputado federal Sérgio Guerra (PE), também negou a hipótese através do twitter. “O PSDB não é um partido de elite, é um partido da sociedade, da qual o movimento sindical é parte essencial”, afirmou.
Apesar de não haver quaisquer dados que comprovem, é notável a força do PT e outras legendas de esquerda dentro dos sindicatos e centrais sindicais. Questionado se o PSDB esperava arrebatar eleitores das siglas adversárias, Imbassahy se esquivou. “Não temos estatísticas que mostrem que eleitores são mais de um ou outro (partido). Quando o eleitor vota não tem como identificar”, disse.
O certo é que após críticas de caciques do partido, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o PSDB se articula para mudar sua imagem. Para isso, também foi criada este ano a secretaria nacional de Políticas Sindicais, que é comandada pelo vice-presidente da Força Sindical, Antônio de Sousa Ramalho.
Sandro Badaró
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 16:49
Nos corredores da Câmara, sempre se falou sobre deputados e partidos que embolsam parte do dinheiro que pagam aos funcionários que contratam. Embora muito falado, é um expediente nunca comprovado. Até agora. O site Congresso em Foco afirma que obteve documentos que comprovam a existência do esquema em uma legenda: o Partido Social Cristão (PSC). De acordo com a denuncia, a sigla fica com 5% dos salários dos funcionários comissionados da Câmara, inclusive no gabinete do vice-líder e presidente da legenda no Pará, deputado Zequinha Marinho.
A tabela está num e-mail enviado por Zequinha Marinho à sua secretária, Edilande das Dores de Souza, a “Landi”, ela própria uma das contribuintes. Na mensagem, Zequinha pede a Landi que cobre o restante do dinheiro que ainda não foi pago pelos funcionários.
Zequinha Marinho admitiu a prática e afirmou que a prática acontece em todos os gabinetes dos parlamentares da legenda. E vai além: diz que ele se repete em todos os outros órgãos públicos do Brasil em que o partido tem indicações políticas. Só na Câmara, considerados os 16 deputados que formam a bancada do PSC, de cada gabinete o partido arrecadaria R$ 3 mil mensais. No final do ano, a caixinha do partido somaria R$ 624 mil.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 16:33
Acaba de desembarcar na capital baiana o empresário Marcos Valério, acusado de comandar o mensalão e preso nesta sexta-feira (02), em Belo Horizonte, por grilagem de terras na Bahia. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, que comanda a operação, ele já aterrissou no Aeroporto Internacional de Salvador e segue para a sede da Polinter. Marcos Valérios e outras 15 pessoas – incluindo três sócios dele e a mãe do piloto de F1 baiano, Luiz Razia – foram presos durante a 'Operação Terra do Nunca', deflagrada pelo Ministério Público Estadual da Bahia em conjunto com a Polícia Civil.
De acordo com a denuncia, Marcos Valério atuava junto com advogados e oficiais de cartório de Registro Gerais de Imóveis e de Tabelionato de Notas de São Desidério, interior baiano, na falsificação de documentos públicos, criando matrículas falsas de imóveis inexistentes e da União. O objetivo era entregar esses documentos para garantir empréstimo e pagar dívidas das empresas de Valério. As fraudes vieram à tona em 2005, quando foram iniciadas as investigações pela Polícia Civil, que envolvem dez inquéritos policiais.
Sandro Badaró
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 16:32
Uma auditoria interna em 51 convênios do Ministério do Turismo com ONGs revelou que todos  apresentam irregularidades como superfaturamento de preços e projetos que só existem no papel. O prejuízo, só nessa amostragem, pode passar de R$ 50 milhões. De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, da Folha, o levantamento foi feito a pedido do ministro Gastão Vieira, depois que decreto da presidente Dilma Rousseff determinou que os ministérios passassem um pente-fino nos acordos com ONGs. O percentual de problemas, de 100%, surpreendeu a equipe de Vieira. Os convênios, todos de projetos para a Copa de 2014, já haviam sido suspensos.
Na próxima semana a CGU (Controladoria-Geral da União) deve publicar relatório apontando problemas em centenas de outros processos da pasta do Turismo.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 16:21
Foto: Maiana Marques/PH
A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) impetrou mais 96 ações de decretação de perda de cargo contra prefeitos, vereadores e vice-prefeitos de municípios baianos. A PRE argumenta, através do procurador regional eleitoral Sidney Madruga, que os políticos cometeram desfiliação sem justa causa, o que configura infidelidade partidária. Até o momento, foram 192 ações movidas desde outubro deste ano.
O vereador de Salvador Jorge Jambeiro (PP), ex-tucano, faz parte da lista. Também estão presentes entre os 96 os prefeitos de Tabocas do Brejo Velho, José Cavalcante de Araújo; Abaíra, João Hipólito Rodrigues Filho; Mucuri, Paulo Alexandre Matos Griffo; Senhor do Bonfim, Paulo Batista Machado; Piraí do Norte, Everaldo Souza dos Santos; Serrolândia, Gildo Mota Bispo; e Caravelas, Jadson Silva Ruas.
Rodrigo Aguiar
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 16:15
Artigo publicado nesta sexta-feira (2) no site da revista semanal britânica “The Economist” afirma que apesar do Código Florestal do Brasil valer desde 1965, a lei não é respeitada e menos de 1% das multas aplicadas por irregularidades chegam a ser pagas. A reportagem afirma ainda que o lobby agrícola tem prevalecido nas discussões sobre o novo código no Senado, “lei que todos concordam sobre a necessidade de modificações e cuja versão final a presidente Dilma Rousseff quer em sua mesa antes do Natal”.
O texto cita argumentos utilizados por parlamentares durante as discussões, que ocorreram em comissões que antecedem a votação no plenário, e faz uma definição do novo Código Florestal em discussão. “O atual projeto permite que os agricultores se esquivem de multas por extração ilegal de madeira e adiem a sua obrigação de replantar simplesmente declarando que suas violações foram cometidas antes de julho de 2008 e incluindo-os em um programa de recuperação ambiental vago e sem obrigações”, diz a revista.
A “The Economist” ouviu ainda ambientalistas brasileiros que comentam que o projeto “é uma anistia, exceto no nome” e que apesar dos pontos negativos, ele vai “oferecer benefícios como empréstimos subsidiados aos proprietários que reflorestarem mais”. Informações do G1.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 15:58
O Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon) iniciou nesta sexta-feira (2) a instalação de novos equipamentos que permitem a atracação dos maiores navios cargueiros do mundo. Fabricados na China, os ‘portêineres’ fazem o transporte dos contêineres do solo para os navios, são iguais aos maiores do mundo e os primeiros desse porte na América Latina.
O investimento nos equipamentos teve apoio do governo federal e do governo da Bahia, via isenção de ICMS. A compra integra um volume de investimentos de R$ 180 milhões, incluindo as obras de ampliação e dragagem. São R$ 160 milhões no terminal portuário e R$ 20 milhões no depósito de vazios, localizado em Porto Seco Pirajá.
O governador Jaques Wagner, que participou da cerimônia de inauguração, disse que o Porto de Salvador passa agora a ser referência nacional. “Estamos modernizando e ampliando muito a nossa capacidade. Isso atende as exigências do mercado e coloca a Bahia na frente, quando se fala em transporte marítimo”.  Com os novos equipamentos, a utilização do espaço do terminal será otimizada, com ganho de 30%, possibilitando ainda o aumento da produtividade de carga e descarga, além da redução do custo do frete. A capacidade de movimentação sai dos atuais 37 para 55 movimentos por hora.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 15:41
Através de uma parceria com o Ministério das Cidades e a Universidade Federal da Bahia, a Prefeitura vai construir uma passarela em cima da Avenida Reitor Miguel Calmon, no Vale do Canela, para interligar as faculdades de Administração e Educação com o Instituto de Saúde Coletiva e a Faculdade de Medicina. “A Prefeitura e estas duas instituições federais estão viabilizando esta parceria que vai ser importante para a mobilidade dos alunos de instituições de ensino da UFBA, moradores e para a população na região. Esta intervenção urbana tem sido um pleito importante da UFBA em prol dos alunos”, frisou o prefeito João Henrique.
O orçamento da obra é no valor de R$ 2.155.869,18. “Esta é uma demanda da comunidade acadêmica. Com esta obra, vamos aumentar a segurança para os professores, funcionários e alunos. Aproveito para agradecer a agilidade e sensibilidade da Prefeitura diante desta reivindicação da UFBa”, frisou a reitora da universidade, Dora Leal. O chefe da Casa Civil, João Leão, afirmou que "o ministro das Cidades, Mário Negromonte, já garantiu a execução da obra", que será incluída no orçamento do Ministério para 2012.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 15:41
Acontece nesta sexta-feira (02), o 15º Seminário de Acessibilidade e Cidadania de Salvador. O evento, realizado pela Ong Vida Brasil em parceria com outras 19 organizações ligadas ao movimento das pessoas com deficiência na Bahia, marca a história de luta desse movimento na véspera da data em que se comemora o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (03). O 15º Seminário acontece no Hotel Sol Victória Marina, até as 18h. A entrada é gratuita.
Em 2011, com o tema 15 anos de luta, além de fazer um balanço do que foi feito até agora, o movimento em defesa das pessoas com deficiência deseja que o seminário seja um espaço para discutir as perspectivas para o futuro. Principalmente, diante de um contexto em que a temática da acessibilidade vem ganhando destaque no país por conta da realização dos grandes eventos esportivos (Copa do Mundo de 2012 e Olimpíadas de 2014) e do recente lançamento, pela presidente Dilma Rousseff, do Plano Nacional da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite que reúne ações estratégicas em educação, saúde, cidadania e acessibilidade.
A programação do seminário conta com 12 palestras e 5 apresentações culturais de grupos formados por pessoas com algum tipo de deficiência, seja ela visual, intelectual ou física. A avaliação da situação da pessoa com deficiência feita de forma coletiva a partir do Monitoramento dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais na Bahia é um dos destaques da programação.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 15:24
Um professor de direito do Rio Grande do Sul afirma que enviou um pedido de impeachment do ministro Carlos Lupi (Trabalho) ao Congresso. Sérgio Borja, de Porto Alegre, diz que fez uma petição à direção da Câmara tendo como base a declaração da Comissão de Ética da Presidência, que sugeriu a exoneração do ministro. A comissão apontou que Lupi deu "explicações não satisfatórias" e "resposta inconveniente" a suspeitas de irregularidades em convênios firmados com membros do PDT.
Borja diz que incluiu como testemunhas no pedido os integrantes da própria comissão da Presidência. Ele juntou ainda uma certidão de sua ficha na Justiça Eleitoral e enviou tudo pelo correio para Brasília na quinta-feira (01). "Qualquer cidadão pode fazer, não precisa nem ter inscrição como advogado", disse. Informações da Folha.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 15:13
Foto: Maiana Marques/PH
Saído da primeira audiência pública do PDDU da Copa, o vereador Téo Senna (PTC) contou ao Política Hoje que irá se juntar à bancada de oposição e defender que o projeto seja votado apenas no ano que vem, ao contrário do que desejam o prefeito João Henrique (PP) e o governador Jaques Wagner (PT).
Líder da bancada de governo na Câmara, Senna revelou que irá tentar convencer a base a deixar a votação do PDDU para 2012, além de aumentar o número de audiências. No momento, quatro encontros estão marcados, todos para esse ano. Senna também criticou o fato de nenhum representante da Prefeitura ter ido à audiência. “Isso criou uma dificuldade. Devia vir alguém mostrar o projeto”, defendeu.
No entanto, o apoio do vereador ao grupo de oposição pára por aí. Na discussão sobre o aumento de hotéis em Salvador, Senna se posiciona de forma favorável à construção de mais empreendimentos do tipo. “Tudo é discutível, mas eu não vejo como não ter crescimento. Temos uma das piores orlas e vamos continuar assim, caso algo não seja feito. Só borracharia e casa de striptease”, argumentou. Segundo o vereador, as queixas do setor hoteleiro de que Salvador não precisaria de mais hotéis são “naturias” por causa da “concorrência”.
Rodrigo Aguiar
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 15:06
O deputado Tiririca (PR-SP) deve fazer uma campanha do Ministério da Cultura para a popularização dos museus. Retomando um dos slogans de sua eleição, ele gravará comerciais dizendo algo como: "Você sabe o que é um museu? Eu também não, mas vamos descobrir". A ideia foi dada pelo presidente do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus), José do Nascimento Junior, em um encontro com o parlamentar, anteontem.Tiririca foi ao Ibram discutir a criação do Museu Nacional do Circo, ideia sua encampada pelo órgão. Informações são da Folha.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 14:56
O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente, Paulo Damasceno, alegou um “impedimento pessoal” para não comparecer à primeira audiência pública do PDDU da Copa, realizada nesta sexta-feira (2) no Centro Cultural da Câmara de Vereadores. Nenhum representante da Prefeitura foi enviado à audiência para discutir o projeto que prevê o aumento da área para construção de hotéis na Orla da cidade e mudanças no entorno da Arena Fonte Nova, que deixará de ser apenas residencial.
Em entrevista ao Política Hoje, Damasceno disse estar “espantado” com a repercussão que teve a sua ausência e defendeu que a audiência pública não é um debate. “A audiência visa recolher informações e eu já tinha ido à Câmara explicar o projeto a todos os vereadores”, afirmou.
Questionado sobre a defesa de que a cidade não precisa de mais hotéis para a Copa – feita por vereadores de oposição e representantes do setor hoteleiro da capital – Damasceno opinou que há uma falsa polêmica sobre o assunto. “Nós estamos apenas possibilitando que a cidade atraia investimentos. Se o setor hoteleiro não quiser consetruir, não vai construir”, declarou.
Rodrigo Aguiar
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 14:50
O PSB, Partido Socialista Brasília, realiza nesta sexta-feira (02) e sábado em Brasília o seu 23º Encontro Nacional, com o objetivo principal de reeleger o comando da sigla que tem com presidente nacional o governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Rivais de Campos dentro do PSB, os irmãos Cid e Ciro Gomes confirmaram presença no evento que tem início às 18 horas, no auditório Petrônio Portela, que fica dentro do Senado. Apesar das divergências, Campos é candidato único.
A disputa por poder entre os Gomes e Campos teve início antes mesmo das eleições de 2010. A pedido do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador pernambucano atuou para impedir que Ciro concorresse a Presidência da República contra Dilma Rousseff (PT). Na oportunidade, o ex-ministro, ex-governador e ex-deputado federal deu uma série de declarações raivosas contra Lula e Dilma em entrevista.

Durante a montagem do governo Dilma, os Gomes rivalizaram com Campos a disputa por cargos na Esplanada dos Ministérios. Ciro tentou se viabilizar como ministro da Saúde, mas foi convidado apenas para voltar para a Integração Nacional. No fim das negociações, cada lado emplacou um ministro: Campos indicou Fernando Bezerra para a Integração e Cid Gomes colocou Leonidas Cristino na Secretaria de Portos.
De lá para cá, os Gomes trabalharam para desidratar o PSDB, do ex-aliado tucano Tasso Jereissati , no Ceará. Já Campos patrocinou o projeto do projeto do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, em sair do DEM e criar o Partido Social Democrático (PSD). O principal objetivo do pernambucano é ter um aliado forte no Sudeste para tentar colocar seu nome como opção para disputar a Presidência da República. Informações são do IG.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 14:33
Foto: Agência Brasil
Devido à demora para votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até dezembro de 2015, a presidenta Dilma Rousseff deve fazer a convocação extraordinária do Congresso Nacional. Pela Constituição, o recesso legislativo começa no dia 22 de dezembro, prazo considerado arriscado por parlamentares para votação em dois turnos da DRU, antes que o mecanismo atual perca a validade em 31 de dezembro.
“[A convocação extraordinária] é uma possibilidade. Estamos discutindo com o governo e com os partidos, inclusive da oposição, um calendário de votação no Senado. Uma possibilidade concreta é a convocação para termos, na última semana de dezembro, a votação da DRU e do Orçamento. Mas ainda não há um calendário fechado”, disse o líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR).
De acordo com o regimento da Casa, antes de votar uma PEC, são necessárias cinco sessões de discussão da matéria. Nesta sexta-feira (2), foi feita a primeira referente à DRU, aprovada pela Câmara dos Deputados. A base do governo no Senado tem encontrado dificuldade para acelerar a tramitação da matéria, porque a oposição condiciona a aprovação da DRU à votação de outra proposta – a Emenda 29, que aumenta o repasse de recursos para a área de saúde. Informações da Agência Brasil.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 14:17
O governador da Bahia, Jaques Wagner, vai visitar nesta sexta-feira (02), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que faz tratamento contra um câncer na laringe e já passou por duas sessões de quimioterapia. De acordo com a coluna Poder On-Line, do IG, o chefe do executivo baiano estará acompanhado da mulher, Fátima Mendonça e vai levar para Lula uma imagem de Irmã Dulce e outros objetos da baiana que foi beatificada em maio.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 14:01
A segurança no Congresso tem preocupado o deputado federal Paulo Magalhães (PSD-BA). Assim como muitos baianos já sofreram com o furto de objetos valiosos, o parlamentar passou por uma situação semelhante. Em discurso no plenário na quarta-feira (30), ele cobrou do presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), “uma ação efetiva quando ao desaparecimento” da planta que ficava no hall de seu apartamento funcional, acontecido há cerca de trinta dias. “Imagine que um deputado que habita determinado apartamento tem o seu hall violentado (…) e até então nenhuma providência foi tomada”, desabafou.
O caso ganhou ares de investigação criminal – ao estilo Sherlock Holmes – com a entrada da Polícia Legislativa em cena. “É a integridade dos deputados que está ameaçada”, alertou Paulo Magalhães.
O deputado baiano terminou o pronunciamento afirmando que “daqui a pouco os ladrões vão embora, deixam o prédio e nenhuma providência é tomada”. Resta saber quem são os tais “ladrões” a quem ele se referiu. O certo é que, de acordo com as palavras do deputado, existe a possibilidade de eles também estarem circulando pelo prédio de apartamentos funcionais exclusivo para parlamentares.
Sandro Badaró
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 13:47
Foto: Blog do Anderson
Um carro oficial da Câmara Municipal de Anagé, encontra-se estacionado em uma calçada de Vitória da Conquista há pelo menos três dias, de acordo com informações de populares. O veículo que está na Avenida Brumado, na Zona Oeste de Vitória da Conquista, era de uso do vereador Ígor Macário (PCdoB), presidente do Legislativo Anageense. Há pelo menos uma semana, Macário não foi mais visto em Anagé. Na última segunda-feira, 28 de novembro, o parlamentar e os seus aliados não compareceram à Câmara, por conta disso a sessão foi suspensa, completando um mês de paralização. Muito conhecido na Capital do Sudoeste Baiano, o sumiço do comunista é um dos assuntos mais comentados tanto na imprensa como nas rodas de conversas. Informações são do Blog do Anderson.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 13:34
Foto: Carolina Farah / G1
Preso pela Polícia Federal na 'Operação Terra do Nunca' na manhã desta sexta-feira (02), Marcos Valério – acusado de ser o operador do mensalão – deve desembarcar em Salvador ainda nesta tarde, em um avião fretado que vai pousar na pista da Base Aérea localizada no Aeroporto Internacional da capital baiana e ficará a disposição Justiça baiana. Além dele, foram presas outras 14 pessoas suspeitas de participar de uma fraude em registros públicos de imóveis, usada para conseguir empréstimos, através da apresentação de registros falsos de imóveis.
Às 12h30, Valério deixou a Divisão de Crimes Contra o Patrimônio de Belo Horizonte e seguiu para o Aeroporto da Pampulha. Ele e outros três sócios passaram por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), em BH. Os advogados de Marcos Valério informaram que vão pedir a revogação da prisão, e que os clientes só ficaram sabendo da investigação nesta sexta-feira (2). Segundo os advogados, os suspeitos negam envolvimento no caso.  Logo após as prisões, o advogado Marcelo Leonardo, que representa Valério, disse que não tinha conhecimento do teor da  acusação, mas acreditava que a prisão era ilegal.
Ainda de acordo com o promotor, os imóveis, em sua grande maioria, não existiam, mas eram fabricadas matrículas para dá-los como existentes. As prisões foram determinadas pela Justiça da Bahia, depois de uma investigação que durou 17 meses. Quatro foram realizadas em Minas Gerais, uma em São Paulo e outras 10 prisões ocorreram na Bahia, na cidade de Barreiras. Informações do G1.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 13:14
A Comissão de Viação e Transportes aprovou na quarta-feira proposta que prevê prioridade para o atendimento de idosos e de pessoas com deficiência no transporte coletivo. O texto aprovado é um substitutivo do relator, deputado William Dib (PSDB-SP), ao Projeto de Lei 97/11.
Segundo o texto aprovado, caberá ao Poder Público estabelecer procedimentos operacionais nos serviços de transporte coletivo de passageiros para assegurar o atendimento adequado das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida.
O substitutivo estabelece que o Programa Nacional de Acessibilidade, previsto na Lei 10.098/00, deverá priorizar a destinação de recursos no atendimento às pessoas com deficiência para que tenham acesso a sistemas de comunicação e sinalização e aos sistemas de transporte público de passageiros. Informações são da Agência Câmara.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 13:02
Após denúncias de irregularidades na pasta e a Comissão de Ética Pública ter recomendado sua demissão à Dilma Rousseff, o PDT, partido do ministro, já cogita seu afastamento da pasta. Segundo o presidente da legenda, deputado André Figueiredo (PDT-CE), caso a presidente substitua Lupi já na próxima semana, quando volta de viagem a Caracas, Venezuela, "o PDT não indicará ninguém para assumir o Trabalho". "Não estamos discutindo nomes, isso não está em pauta. Caso haja reforma ministerial no início do ano que vem, acho salutar que a presidente Dilma faça um rodízio de ministérios", afirmou o presidente do PDT. Informações do Terra Magazine.
Sexta, 2 de Dezembro de 2011 12:45
Agraciado esta semana com a Medalha do Mérito Legislativo na Câmara, o pastor Silas Malafaia criticou a forma com que o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) se referiu à presidente Dilma Rousseff em discurso contra material de combate à homofobia, chamado pelo deputado de kit gay.
Na ocasião, Bolsonaro falou à presidenta para parar de mentir e assumir se gosta de homossexual.“O Bolsonaro tem o direito de se posicionar contra a distribuição de kit gay nas escolas, o que eu concordo. Mas a gente não pode passar dos limites. Ele foi grosseiro com a presidenta Dilma”, disse. Informações são Blog Poder Online.

Nenhum comentário :