Um blog de Alagoinhas e região com notícias dos melhores blogs do estado da Bahia, do Brasil e do mundo

Imagem

PPS aposta em crescimento na Assembleia Legislativa | Política Livre

Nenhum comentário
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) vem repassando parcelas “ínfimas” do orçamento previsto para a Bahia nos últimos anos. O Dnit admite o problema, mas afirma que os empreendimentos na Bahia “começam a sair do papel”. As planilhas de execução de obras do órgão para a Bahia registram em 2011 que, dos R$ 579,689 milhões que deveriam ser aplicados no Estado, apenas R$ 131,166 milhões foram pagos, equivalente a 22%. Em 2012, a situação piorou: dos R$ 944,823 milhões previstos foi liquidado apenas o montante de R$ 119,396 milhões; ou seja, 12%. Esse ano, a taxa de execução do orçamento desabou: dos R$ 983,122 milhões, do Dnit para a Bahia, só chegou até o momento R$ 3,2 milhões, ou seja 0,3%. A maior dotação nas listas dos três anos citados é o item “”Manutenção de Trechos Rodoviários””. Da recuperação de rodovias, que previa em 2012 a destinação de R$ 266,4 milhões, só foram pagos R$ 32,7 milhões. Várias obras importantes que entraram na lista do orçamento de 2013 registram pagamento zero até o momento. É o caso da construção do acesso rodoviário ao Porto de Salvador, na BR-324, no valor de R$ 26,4 milhões. Ou ainda a construção do trecho rodoviário nas divisas de Bahia e Piauí e Bahia e Sergipe – na BR-235 -, cujo investimento é de R$ 135 milhões

Nenhum comentário :